03 Aug Logo De Bernt Entschev

Sua empresa está investindo nos melhores talentos?

autor post De Bernt Entschev
De Bernt

 

Preparar um processo seletivo envolve uma série de critérios para entender qual o perfil mais adequado para determinada posição. Contratar errado pode não só elevar os custos da empresa como comprometer o resultado dos negócios. Nem sempre treinamentos são suficientes para encaixar o profissional nas competências esperadas. Por isso, invista tempo e recursos na melhor contratação.

Admitir um profissional que não está 100% dentro das características esperadas para determinada posição pode trazer custos diretos e indiretos para a empresa, por exemplo, uma demissão pode ocasionar em multas rescisórias, além de prejudicar a imagem da empresa, com um atendimento de pouca qualidade, realizado por um profissional despreparado. Segundo pesquisas, companhias que contratam certo investem a metade do que as outras em treinamento porque esse tipo de apoio muitas vezes acaba sendo desnecessário.

Muitas vezes, na pressa de encontrar alguém para ocupar uma posição estratégica que esteja vazia, alguns gestores podem abrir mão de alguns critérios na seleção, como avaliação minuciosa de competências comportamentais. A consequência pode ser desastrosa para o novo colaborador e para a empresa, com dificuldade de integração com a equipe e comprometimento das entregas.

Nem sempre é possível encontrar um profissional pronto, com todas as características determinadas para a vaga, mas o importante é saber priorizar o que será mais necessário para aquela função. Em uma área comercial, por exemplo, as empresas querem pessoas focadas em resultados, com boa capacidade de comunicação, mas também com habilidades de organização e planejamento. Todas essas características juntas nem sempre estão presentes em um mesmo perfil, mas também vale a pena considerar a experiência e a maturidade que o candidato traz para chegar ao profissional mais bem preparado.

É válido ressaltar que treinar colaboradores é fundamental e deve ser uma prática constante das empresas, sobretudo para aprimorar as habilidades de cada um e ampliar as competências. O que não é recomendado é apostar todas as fichas em cursos e achar que qualquer profissional pode ser moldado da forma que o gestor deseja.

Para atender as demandas cada vez mais exigentes das empresas, as consultorias especializadas em seleção estão investindo em novas ferramentas que garantam a contratação mais assertiva e, consequentemente, a redução de custos e obtenção de melhores resultados.

 

Juliane Liebel é Consultora em Executive Search, com sólida vivência na área de Recursos Humanos na condução de processos seletivos, em projetos para empresas nacionais e multinacionais de diversos segmentos.


Faça download: Arquivo


Posts Relacionados